Nova legislação - Excesso de velocidade

 

A partir da publicação da Lei Federal nº 11.334, de 25 de julho de 2006 (DOU de 26.07.06), o artigo 218, incisos I, II e III, do Código de Trânsito Brasileiro, que trata das infrações por transitar em velocidade superior à máxima permitida, passa a vigorar com a seguinte redação:

I – quando a velocidade for superior à máxima em até 20% (vinte por cento) – infração média – penalidade multa.

II – quando a velocidade for superior à máxima em mais de 20% (vinte por cento) até 50% (cinqüenta por cento) – infração grave – penalidade multa.

III – quando a velocidade for superior à máxima em mais de 50% (cinqüenta por cento) – infração gravíssima – penalidade multa (multiplicada por 3), suspensão do direito de dirigir e apreensão do documento de habilitação.

1) Exemplo hipotético:

Velocidade da Via – 60 km/h

Multa

Pontos

1ª Situação
> até 20% = 70 km/h

R$ 85,13

4 pontos na cnh

2ª Situação
> 20% até < 50% = 85 km/h

R$ 127,69

5 pontos na cnh

3ª Situação
> 50% = 100 km/h

R$ 574,62

suspensão do direito dirigir

 

(Valores das multas sem o desconto de 20% se paga até a data do vencimento – Resolução CONTRAN nº 136/02)

2) Os novos dispositivos não levam em consideração o tipo de via pública (rodovias, estradas, vias de trânsito rápido, arteriais, coletoras ou locais).

3) As novas regras aplicam-se às infrações de trânsito cometidas a partir da publicação da Lei Federal nº 11.334/06, não atingindo as infrações anteriormente praticadas pelos condutores/proprietários de veículos (sem efeito retroativo = data da infração).

4) O DETRAN/SP, no âmbito de suas atribuições, não aplica a penalidade de multa de trânsito por excesso de velocidade, salientando que os demais órgãos autuadores em nada vinculam-se com este Departamento para este tipo de autuação.

Fonte: http://www.detran.sp.gov.br/legislacao/infracao.asp

Nova legislação - Excesso de velocidade

A partir da publicação da Lei Federal nº 11.334, de 25 de julho de 2006 (DOU de 26.07.06), o artigo 218, incisos I, II e III, do Código de Trânsito Brasileiro, que trata das infrações por transitar em velocidade superior à máxima permitida, passa a vigorar com a seguinte redação:

I – quando a velocidade for superior à máxima em até 20% (vinte por cento) – infração média – penalidade multa.

II – quando a velocidade for superior à máxima em mais de 20% (vinte por cento) até 50% (cinqüenta por cento) – infração grave – penalidade multa.

III – quando a velocidade for superior à máxima em mais de 50% (cinqüenta por cento) – infração gravíssima – penalidade multa (multiplicada por 3), suspensão do direito de dirigir e apreensão do documento de habilitação.

1) Exemplo hipotético:

Velocidade da Via – 60 km/h

Multa

Pontos

1ª Situação
> até 20% = 70 km/h

R$ 85,13

4 pontos na cnh

2ª Situação
> 20% até < 50% = 85 km/h

R$ 127,69

5 pontos na cnh

3ª Situação
> 50% = 100 km/h

R$ 574,62

suspensão do direito dirigir

 

(Valores das multas sem o desconto de 20% se paga até a data do vencimento – Resolução CONTRAN nº 136/02)

2) Os novos dispositivos não levam em consideração o tipo de via pública (rodovias, estradas, vias de trânsito rápido, arteriais, coletoras ou locais).

3) As novas regras aplicam-se às infrações de trânsito cometidas a partir da publicação da Lei Federal nº 11.334/06, não atingindo as infrações anteriormente praticadas pelos condutores/proprietários de veículos (sem efeito retroativo = data da infração).

4) O DETRAN/SP, no âmbito de suas atribuições, não aplica a penalidade de multa de trânsito por excesso de velocidade, salientando que os demais órgãos autuadores em nada vinculam-se com este Departamento para este tipo de autuação.

Fonte: http://www.detran.sp.gov.br/legislacao/infracao.asp

Madureira

(Eraldo Basso / Edilson Albino)
 

Ela é de Madureira
Menina tão linda que me tira o sono
Ela é de Madureira
Mulher completa simpatia um axé
Ela é de Madureira
Tão longe de mim pertinho assim

Tem samba no pé
É de lá que ela é
Tem samba no pé

Domingo tô aí só prá te ver
Cerveja na praia um beijo na boca
Prá te conhecer
Me pega lá no Redentor
Me pega lá no Arpoador
Me pega lá no Redentor
Mas vê se nào demora
Que estou louco por você

Que é de Madureira
Menina tão linda que me tira o sono
Ela é de Madureira
Mulher completa simpatia um axé
Ela é de Madureira
Tão longe de mim pertinho assim

Tem samba no pé
É de lá que ela é
Tem samba no pé

Agora que cheguei não vou voltar
Fiz esse samba prá te conquistar
Ela é de Madureira
Mulher completa simpatia um axé
Ela é de Madureira
Tão longe de mim pertinho assim

Tem samba no pé
É de lá que ela é
Tem samba no pé

Necessidades

Nunca tinha entendido por que as necessidades sexuais dos homens e
das mulheres são tão diferentes. E nunca tinha entendido por que os homens
pensam com a cabeça e as mulheres com o coração.


Uma noite, semana passada, minha mulher e eu estávamos indo para a cama.
Bom, começamos a ficar à vontade, fazer carinhos, já estava bastante
excitado e nesse momento, ela fala: Acho que agora não quero, só quero que
você me abrace"Me abrace mas me abrace forte "Eu falei: "O QUEEE??" Ela
falou: "Você não sabe se conectar com as minhas necessidades emocionais
como mulher".


Comecei a pensar onde podia ter falhado. No final, assumi que naquela
noite, não ia rolar nada, virei e dormi. No dia seguinte fomos a um grande
hipermercado, do tipo Carrefour, com muitas lojas dentro dele. Dei uma
volta enquanto ela experimentava três modelitos caríssimos.
Como não podia decidir por um ou outro, falei para comprar os três.Então
ela me falou que precisava de uns sapatos que combinassem, a R$200,00 cada
par.


Respondi que tudo bem. Depois fomos à seção de joalheria, de onde saiu
com uns brincos de diamantes. Estava tão emocionada!
Deveria estar pensando que fiquei louco, agora penso que estava me
testando quando pediu também uma raquete de tênis, porque nem tênis ela
joga. Acredito que acabei com seus esquemas e paradigmas quando falei que
sim.


Ela estava quase excitada sexualmente depois de tudo isso; Vocês tinham
que ver a carinha dela, toda feliz! Quando ela falou: "Vamos passar no
caixa para pagar" tive dificuldade para me segurar ao falar com ela: "Não,
meu bem, acho que agora não quero comprar tudo isso". Ela ficou pálida.
Ainda falei: "Só quero que você me abrace"."Me abrace mas me abrace forte".
No momento em que começou a ficar com cara de querer me matar,
falei:"Você não sabe se conectar com as minhas necessidades financeiras
como homem..."


Acredito que o sexo acabou para mim até o natal de 2008...

(Luis Fernando Veríssimo)

[ ver mensagens anteriores ]

O que é isto?